Quadras ao Gosto Popular

Santo António de Lisboa
Era um grande pregador,
Mas é por ser Santo António
Que as moças lhe têm amor.

No dia de Santo António
Todos riem sem razão.
Em São João e São Pedro
Como é que todos rirão?

Manjerico que te deram,
Amor que te querem dar…
Recebeste o manjerico.
O amor fica a esperar.

Manjerico, manjerico,
Manjerico que te dei,
A tristeza com que fico
Inda amanhã a terei.

Fernando Pessoa, in “Quadras ao gosto popular”