Poeta

Vasco Cabral foi um escritor e político de Guiné-Bissau. Foi ministro da Economia e das Finanças, ministro da Justiça e vice-presidente da Guiné-Bissau. Estudou na Universidade Técnica de Lisboa e foi um dos apoiantes da campanha de Norton de Matos.

1926 | POETA

Vasco Cabral

foto: Carlos Santos

vida e obra

Vasco Cabral estudou Ciências Económicas e Financeiras em Portugal. Para além da sua atividade poética foi também ativista político e viveu na clandestinidade.

Sem obra literária anterior, a autoria de Vasco Cabral surge com o livro “A Luta é a minha Primavera – Poemas” (África editora, 1981) que reúne 59 textos escritos entre 1951 e 1974, ordenados cronologicamente em cada uma das seções do livro, espelho do seu ideário nacionalista africano (exploração, colonialismo).

Faz parte da escola neorrealista do seu tempo.
A solidariedade, a fraternidade, o amor, a dor, a alegria, a esperança, a liberdade, a poesia da vida, são alguns dos campos semânticos do roteiro poético de Vasco Cabral.

“A poesia está nas asas da aurora
quando o sol desperta.
A poesia está na flor
quando a pétala se abre
às lágrimas do orvalho.”

Excerto de "Onde está a poesia?"| 1981

o poeta no parque

partilhar
conteúdo relacionado

Nota Biográfica

Nascimento: 23 de agosto de 1926 – Farim, Guiné-Bissau
Morte: 24 de agosto de 2005 – Bissau, Guiné-Bissau

O Pedinte

Onde está a poesia

Por Biblioteca AENelas

Parque dos PoetaS

Pétala 35

  • poemas
  • palavras
  • recursos
  • bibliografia

 

 

Não existem ainda palavras para apresentar sobre este poeta.

 

 

 

 

Não existem ainda recursos para apresentar sobre este poeta.

 

 

 

 

Consulte a sua obra no catálogo das Bibliotecas Municipais de Oeiras. Clique aqui.